Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 +55 88 9 9475-7536

Encontre o que deseja

<
NO AR

TOCA TUDO

    Brasil

A arte de educar filhos

Publicada em 17/06/17 as 10:08h por Salete Monteiro Amador - 87 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Reprodução )

Educar um filho nunca foi fácil, porém em épocas mais antigas havia um padrão de educação com papéis mais definidos. Apesar de rígido, os pais tinham mais claro o que era certo ou errado.

Atualmente existem diversos modelos de família, o que possibilita mais liberdade e respeito aos valores de cada um, porém essa diversidade pode gerar muitas dúvidas e confusões no papel dos pais e a respeito do que é educação.

Atualmente é comum buscarmos opiniões e conselhos de especialistas, pois por se basearem na ciência, suas opiniões nos parecem mais seguras e corretas. Seguimos o educador, filósofo, médico ou psicólogo.

Realmente todos eles têm muito a contribuir com o seu conhecimento, ampliando nossa visão sobre diversos assuntos, mas quais são os seus valores e crenças? O que vc acha importante transmitir aos seus filhos e filhas?

Educar é muito difícil mas se torna um desafio impossível se não nos dermos ouvidos e assumirmos a nossa responsabilidade como pais e mães. Não podemos confundir o nosso papel com o de carrascos, porém temos que ter cuidado para não sermos por demais permissivos.

O foco é a felicidade e autonomia de nossos filhos e filhas. Para tanto precisamos ajudá-los a conhecerem o mundo e fazerem escolhas maiores ou menores em termos de responsabilidade, conforme seu grau de amadurecimento. Não adianta criar os filhos pintando a vida em cor de rosa, mas também não podemos negar a eles espaço para brincar e fantasiar, fundamental para seu desenvolvimento saudável.

Equilíbrio e coerência com o que acreditamos é fundamental.

Em Inglês, por exemplo, existem duas palavras diferentes para educação: 'upbringing' que é a educação dada em casa e 'educate' que é a educação dada na escola. Em português o conceito de educação é ambíguo pois ele pode ser tanto o ensino de um conhecimento adquirido na escola quanto as boas maneiras aprendidas em casa. Esta ambiguidade parece mostrar-se no comportamento de certos pais que acreditam que a escola deve dar 100% da educação ('upbringing' e 'educate'), isentando-se da responsabilidade. O papel de educar ('upbringing') é dos pais e mães, não pode ser delegado à escola. Claro que uma escola com valores semelhantes aos nossos traz mais coerência ao que buscamos.

Após mais de 100 anos do início da Psicanálise, conhecemos a importância dos cuidados e relações entre pais, mães, cuidadores e filhos para o desenvolvimento saudável da personalidade das crianças, assim a dedicação, o tempo com nossos filhos são muito importantes e vão para além das questões de ganhos materiais.

É através desses relacionamentos iniciais e de nossos exemplos, mais do que aquilo que falamos, que as crianças aprendem a se relacionar consigo mesmas, com os outros e com o mundo a sua volta.

Assim nossa presença não pode ser substituída por um presente.

Temos que trabalhar, mas é importante termos um tempo disponível todos os dias para estar com nossos filhos, ensinando que estarmos juntos é muito precioso e que para ambos pais e filhos traz alegria e satisfação. 






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário

Nossos Parceiros

 
 
 
 
 

Nosso Whatsapp

 +55 88 9 9475-7536

Visitas: 427103 |  Usuários Online: 27

Venha fazer parte da Rádio do Bem, junte-se a nós na missão de semear a Paz e o Bem pelo Planeta. - Todos os direitos reservados