Segunda-feira, 25 de Junho de 2018

Buscar   OK
Brasil

Publicada em 20/12/17 às 19:17h - 67 visualizações
Órfão que anima crianças realiza sonho e se forma após 20 anos

Só Notícia Boa


 (Foto: Psiu, ao centro, de peruca azul - Foto: arquivo pessoal)

A vida de perdas e traumas deu vários motivos para ele desistir do sonho. Ainda menino, foi abandonado pela mãe, viveu em orfanato, perdeu o pai, o irmão, a irmã e depois de adulto, um acidente de carro levou a filha que ele tanto amava.

Mas como alguém nessa situação arruma forças para resistir e continuar vivendo? Ele criou uma nova identidade. Com a cara pintada de palhaço, decidiu animar crianças e com as gargalhadas delas encontrar o próprio sorriso.

E nesta quinta-feira, 14, vestindo parte da roupa de palhaço, ele realizou o sonho guardado há 20 anos: receber um diploma do colégio.

Sim, orgulhoso de ser quem é, Genilson - que ganha a vida fazendo shows e como motorista de uber - vestiu a beca e colocou a peruca do palhaço Psiu para receber a colação de grau do Ensino Médio.

"Depois que eu saí do orfanato, voltar a estudar e terminar meus estudos pra mim é uma grande vitória. Eu estou tão feliz hoje! To voando até agora!", comemorou em entrevista ao SóNotíciaBoa.

E agradeceu: "Depois de uma certa idade não é fácil, mas graças a Deus é mais uma conquista pra mim, como tantas, com ajuda da minha namorada e o esforço dos professores pra que eu não desistisse", concluiu

História

Genilson, conhecido no Distrito Federal como Palhaço Psiu, foi obrigado a largar a escola em 1994. Há 3 anos, com apoio da namorada, ele voltou a estudar em uma escola pública de Brasília, na Asa Sul.

Cursou o EJA - Educação de Jovens e Adultos - uma modalidade destinada a pessoas que não conseguiram concluir os estudos.

Agora com diploma na mão e sorriso no rosto ele arregaça as mangas para continuar uma missão anual que abraçou: entregar presentes para crianças carentes no Natal.

Palhaço Psiu entregando brinquedos / 2016 - Foto: arquivo pessoal /

Palhaço Psiu entregando brinquedos / 2016 - Foto: arquivo pessoal /

Psiu Noel 

Há 16 anos o palhaço faz a campanha Psiu Noel Natal Feliz, em que arrecada brinquedos novos - justamente porque ele só ganhava brinquedos usados quando vivia no orfanato.

No ano passado a meta era conseguir 15 mil brinquedos para comemorar os 15 anos da campanha. Deu certo!

Agora em 2017, com a crise que o país atravessa ele lamenta não ter conseguido chegar perto da meta de 2016.

"Eu conseguiu presentes para mandar para crianças do Piaui, da Bahia, Águas Lindas (Goiás) e de Brasília, mas ainda dá tempo das pessoas ajudarem", convida.

Ele ainda tem esperança de conseguir mais presentes porque a arrecadação termina no dia 20.

Como ajudar
Para ajudar, é só telefonar ou mandar um WhatsApp para 61-98117-6101.

O Psiu vai buscar os brinquedos novos na casa, ou na empresa do doador.

Acesse aqui a página dele no Facebook.

Assista ao vídeo que gravamos com ele no ano passado, ajude e compartilhe!

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Hora Certa
No Ar
ALVORADA COM MARIA com Francisco Sena Garcia
Peça sua Música

  • Z Nunes
    Cidade: Aracati
    Mensagem: Interfone - Cícero Rosa
  • Z Nunes
    Cidade: Aracati
    Mensagem: Volta - O Terno
  • Perciliana
    Cidade: Virginia
    Mensagem: Para não ferir ninguem Pe. Zezinho
  • José Americo
    Cidade: São Bernardo do Campo
    Mensagem: Céu de Santo Amaro
  • José Americo
    Cidade: São Bernardo do Campo
    Mensagem: Paula e Bebeto
  • Liduina
    Cidade: Aracati
    Mensagem: Andanças
Publicidade Lateral
Estatísticas
Visitas: 341384 Usuários Online: 37


Bate Papo

Digite seu NOME:


Parceiros
PR GAS DISTRIBUIDORA
Neto Ótica
Gaby Unhas
Loja Styllo A
Laboratório Dr. Klaus Magno

Venha fazer parte da Rádio do Bem, junte-se a nós na missão de semear a Paz e o Bem pelo Planeta.
Copyright (c) 2018 - WEB RÁDIO DO BEM - Todos os direitos reservados