Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 +55 88 9 9475-7536

Encontre o que deseja

<
NO AR

PLANETA MPB

    Brasil

Projeto inspirador cola bilhetes acolhedores em banheiros de universidades e evita o suicídio

Publicada em 21/01/19 as 17:43h por Razões para Acreditar - 36 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Reprodução)

O ambiente universitário pode ser bastante desgastante, a ponto de os estudantes desenvolverem problemas sérios de saúde, como a depressão e fortes crises de ansiedade. A pressão das provas, trabalhos e seminários desestabiliza o emocional dos universitários.

Foi diante dessa realidade que o estudante de Direito, Daniel, resolveu criar o projeto “Anjos Anônimos”. Consiste em colar bilhetes com palavras carinhosas e motivacionais no espelho e nas paredes de banheiros das universidades. 

Daniel estuda em uma faculdade particular no Rio de Janeiro, mas o projeto já se espalhou por outras universidades do país. Ele criou um grupo no WhatsApp, onde os universitários relatam como os bilhetes melhoraram seu dia.

projeto cola bilhetes motivacionais estudantes banheiros universidades

“Funciona assim: você escreve um bilhetinho em um post-it e, no final, escreve ‘cole um bilhetinho aqui também’, e cola no espelho. Deixa um bloco de post-it e uma caneta na pia, para as pessoas lerem o bilhetinho e escreverem os delas também”, explicou Daniel, em conversa com o Razões para Acreditar.

projeto cola bilhetes motivacionais estudantes banheiros universidades

“O interessante é que o ato de dar amor ao próximo e receber esse amor é quase imediato. Você recebe um bilhetinho, conhece o projeto e escreve um bilhetinho para outra pessoa.”

projeto cola bilhetes motivacionais estudantes banheiros universidades

projeto cola bilhetes motivacionais estudantes banheiros universidades

projeto cola bilhetes motivacionais estudantes banheiros universidades

projeto cola bilhetes motivacionais estudantes banheiros universidades

projeto cola bilhetes motivacionais estudantes banheiros universidades





Daniel conta que os relatos revelam como um gesto simples tem um impacto grandioso na vida dos estudantes. Leia abaixo alguns desses relatos:

“A campanha “Anjos Anônimos” me ajudou de duas formas. A primeira, quando via os bilhetes nos banheiros, dava uma melhorada no dia, principalmente depois daquela aula difícil, encontrar mensagens positivas ajudava bastante. Segundo, saber que pessoas se movimentavam para espalhar boas energias era um sinal de esperança, principalmente para mim, que tenho TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada). Saber que pessoas que também tinham passado por algum momento difícil, superaram, me dava um novo olhar, de que eu poderia não só superar, mas também ajudar outras pessoas.”

“Então, meu pai adoeceu. Ele tá idoso mesmo, então eu não tava com estruturas pra continuar. Chorava compulsivamente. Minha ansiedade piorou. Eu desativei meu facebook e fiquei isolada. Amava ir pra faculdade. Daí, um dia desses… eu tava com a ansiedade lá no topo… fui ao banheiro fazer xixi, tava preocupada com meu pai. Olhei pra porta assim que fechei e tinha um recado “Você não é inútil”. Eu caí no choro. De emoção mesmo. Eu me senti alguém. Sei lá, eu tava me sentindo ruim mesmo. É que eu tô com uma vida muuuito corrida. Manhã, tarde e noite estudando. FDS eu vou pra casa dar atenção, mas eu não acho o suficiente. Então me sinto inútil. Ler isso foi muito bom pra mim. Eu sempre leio e me lembro desse dia. E abro um sorriso imenso.”

“Eu ainda não tinha ouvido falar sobre os anjos anônimos até me deparar com o projeto “Anjos Anônimos” que consistia em pequenas mensagens grudadas nos espelhos dos banheiros da faculdade. A primeira vez que vi continham poucas mensagens, mas boas palavras pra um bom entendedor. Da segunda vez tinham muitas mais, senti lendo as novas mensagens que as primeiras de certa forma haviam ajudado algumas pessoas e essas pessoas ajudadas vieram deixar suas palavras para um próximo alguém que precisasse. Poderia não ser eu, poderia não ser você, mas aquela mensagem tinha um destinatário. Um destinatário que poderia não saber mas que precisava daquilo e quando se dá conta do mesmo sente gratidão pelo ser anônimo que parece saber e entender sobre o que está passando, vai embora com seu alívio pela mensagem e depois volta para deixar uma nova mensagem. Os projetos são assim: uma grande corrente que vai ganhando elos novos ao serem tocados.”






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário

Nossos Parceiros

 
 
 
 
 

Nosso Whatsapp

 +55 88 9 9475-7536

Visitas: 426926 |  Usuários Online: 140

Venha fazer parte da Rádio do Bem, junte-se a nós na missão de semear a Paz e o Bem pelo Planeta. - Todos os direitos reservados