Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 +55 88 9 9475-7536

Encontre o que deseja

<
NO AR

TOCA TUDO

    Mundo

Gay, filho de imigrantes, agora é primeiro-ministro da Irlanda

Publicada em 16/06/17 as 07:41h por Só Notícia Boa - 141 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Press Association)

Leo Varadkar fez história na Irlanda ao se tornar o 1º primeiro-ministro abertamente gay do país. Ele é filho de um imigrante indiano.

Varadkar, de apenas 38 anos, também se tornará o líder mais novo do país e o primeiro de origem étnica minoritária.

Ele é de uma família onde o pai é indiano e a mãe irlandesa.

Seus pais, Ashok e Miriam, se conheceram quando trabalhavam em um hospital inglês, na década de 1960.

A posse

Varadkar ganhou o voto por 57 votos contra 50, com 47 abstenções.

A cerimônia de posse foi este mês em Dáil em Dublin, depois de vencer a liderança do partido Fine Gael.

Os pais e o parceiro de Leo Varadkar, Matthew Barrett, que é médico, estavam assistindo.

Varadkar assumiu a homossexualidade antes do referendo para casamento do mesmo sexo na Irlanda, em 2015, durante uma entrevista com RTÉ, a televisão nacional da Irlanda.

Líderes da nova geração

O primeiro-ministro de 38 anos se junta ao primeiro-ministro luxemburguês, Xavier Bettel, que é considerado o único outro líder mundial abertamente gay.

E ele também se tornou o líder nacional mais jovem da União Européia, com Jüri Ratas, o primeiro ministro estoniano de 38 anos, e Emmanuel Macron, 39, da França, se juntando a ele como um trio com menos de 40 anos.

Com informações do Positive News e The Guardian






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário

Nossos Parceiros

 
 
 
 
 

Nosso Whatsapp

 +55 88 9 9475-7536

Visitas: 427142 |  Usuários Online: 34

Venha fazer parte da Rádio do Bem, junte-se a nós na missão de semear a Paz e o Bem pelo Planeta. - Todos os direitos reservados